Ilegalidades...

Página 6 de 6 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Ilegalidades...

Mensagem  SPEEDS em Seg Maio 26, 2014 11:49 am

Chamava-lhe mais pela "Mancha da caça"...uma mancha escura que já expele o cheiro a podridão.

_________________
A arte da caça não esta na facilidade de premir um gatilho, mas sim, nos cheiros e cores que a natureza emana! [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
avatar
SPEEDS
Admin

Mensagens : 904
Data de inscrição : 14/09/2012
Idade : 34
Localização : Setúbal

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ilegalidades...

Mensagem  GPinelas em Seg Jul 28, 2014 10:22 am


Enquanto o nosso regime cinegético morre a cada dia, em Espanha tentam encontrar soluções...

"Enquanto a população de algumas espécies se multiplicam a um ritmo vertiginoso, licenças de caça em Catalunya caíram pela metade nos últimos 15 anos. No ano passado mais de 35 mil javalis e cerca de 170 mil coelhos foram capturados, assim que o governo catalão está considerando um possível cenário futuro de profissionalizar uma indústria apoiada por sociedades de caça que estão cansados de tomar altruisticamente mais por obrigação do que espécie de controle de atividade de lazer.
Embora a tradição da caça está profundamente enraizado na Catalunha, licenças de caça foram reduzidos pela metade em apenas 15 anos para alcançar a cifra de 68.826. "Agora muitos mais animais são caçados antes. A atividade foi feito anteriormente em cerca de quatro meses por ano, agora chega a nove ", diz Jordi Ruiz , Director-Geral Adjunto de Pesca Interior e Caça Atividades da Generalitat de Catalunya. "Antes de caçadores caçados por prazer, agora têm uma função de interesse social, por exemplo, animais de caça para evitar muitos acidentes nas estradas", acrescenta.
Study Group
fechamentos Além estabelecida, javali proliferação e danos à agricultura e bens pessoais destes períodos têm aumentado caça por melhores populações de animais de controle. Por este motivo, em alguns casos e "profissionalizar o setor é, para quem não tem que ser um clube", diz Ruiz. Para estender essa profissionalização, e foi criado uma comissão que reúne Generalitat, camponeses e câmaras municipais. O modelo é o Aeroporto de Barcelona, que tem os seus próprios caçadores para controlar os animais que não interferem com as actividades da aviação.
"Isso é o preço em algumas áreas do país onde há risco de segurança para as empresas públicas se envolveram no controle de populações de animais", diz o vice-chefe deste jornal. Essas mesmas áreas como o parque Collserola ou parque terra do delta Llobregat. "Os caçadores não atingem todos os sites para procurar sistemas alternativos," Ruiz, que admite jell essa iniciativa custaria para a administração como seria feito em locais de propriedade pública conclui.
Cansado de caça
Embora as áreas pertencentes à administração são menos (81% das áreas de caça são privados), os caçadores são obrigados a atuar em toda a terra. No ano passado, realizou mais de 4.000 ataques, o que significa 32 por grupo de caçadores. "As pessoas estão cansadas de ir tantos dias fazendo o controle da vida selvagem", diz Paco Piera , presidente da Federação Catalã de caça , uma organização sem fins lucrativos, que chega a 80% no setor federal. "Os caçadores não querem caçar mais dias porque temos um custo econômico de gasolina, cães, armas ... e família! Complicações", acrescenta Piera.
Além disso, o governo regulamentou este maio o poder de declarar uma área em estado de emergência de caça  em uma determinada área ou região, de modo que a pressão é maior sobre os caçadores.
E é que a crise não só diminuiu o número de licenças, mas o orçamento dos caçadores e das próprias sociedades. "Agora caçadores mover menos, ficar mais perto das grandes cidades", diz Paco Piera garante que um fim de semana de caça não caia abaixo de 300 euros. Clusters de caçadores também devem ter planos técnicos, consertar estradas e pagar grandes somas de dinheiro para o seguro que cobre acidentes de viação causados por animais. "A cobertura pode custar cerca de 6.000 euros, sendo a cada ano, dependendo da área onde você mora, pode haver 3-4 acidentes", diz Manel Raurich , presidente da Associação de Caçadores e Pescadores Sociedades de Catalunha . Felizmente para o grupo, legislação de trânsito mudou e agora só responsável por acidentes causados durante o ato de caça até 12 horas após a atividade.
Animais mais agressivos
Outra despesa adicional é a manutenção de cães necessários para concluir as etapas, que agora pode ser de até mais de dez. "Este é um custo elevado para manutenção GPS, zoológico, despesas veterinárias ... localizadores", diz Paco Piera. E agora o javali "já não fugindo cães e pessoas, são mais agressivos, a esperança ... e atacar os animais produzi-las lágrimas", acrescenta.
Sem mudança geracional
Uma questão também diz respeito à idade dos caçadores, eles têm que renovar as licenças de armas permitir renovável a cada 5 anos, período é reduzido para dois, quando passaram 60 anos. Atualmente, a média de idade do caçador é mais do que 50, e não tem interesse em continuar a tradição. "Há pouco apreço pelo trabalho social que fazemos", queixa-se Piera. "Todos os anos perdemos membros, e quando passam 70, largar a arma", conclui Raurich.
O caçador não é um assassino
de perda de caçadores tem uma explicação na nossa história recente, de acordo com os sociólogos. Na década de 60, as famílias se reuniram para ver de caça e pesca programas na televisão e em datas especiais um animal foi morto em casa, a partir de galinhas gorrinos. Agora, a sociedade tem desruralizado e perdeu contato com os valores naturais. "Para quem ninguém jamais viu, é difícil aceitar a violência", explica o sociólogo Patxi Andión , um dos especialistas espanhóis em campo e foi diretor da Real Federação Espanhola de Caça.
"O grupo de caçadores é alopátrica, foi socialmente isolado do years70", acrescenta o especialista, para quem a sociedade tem uma "imagem de caça e caçador muito ruim" e agora "o prazer da caça irritante, o caçador tornou-se uma indesejável ". Andión perde possível solução para essa tendência e não entendo como Espanha permitiu que este descontentamento. "Há países como a Alemanha, onde os caçadores dar palestras para as crianças, e vê-los como um elemento do equilíbrio ecológico", diz ele. Ele lança um alerta: "Se um grupo de caçadores desportivos espanhóis não existisse, o estado teria que criar o corpo de caçadores" e que "poderia ter uma pandemia humanitária e milhares de pessoas morrem" pelas doenças e vírus que podem ser transmitidos populações selvagens descontrolados.
Este especialista prevê que " haverá um momento crítico em que o estado deve retornar por meio de políticas de educação, de explicar para as crianças das cidades que o caçador não é um assassino , mas alguém que se aproveita dos recursos ambientais como Woodman, o pastor ou a "sentença de fazendeiro"


Abraço.

GP
.
avatar
GPinelas

Mensagens : 711
Data de inscrição : 07/11/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ilegalidades...

Mensagem  GPinelas em Ter Ago 26, 2014 4:22 pm

GPinelas escreveu:Uma curiosidade:

Porventura alguém me sabe dizer se é verdade que o Sr. Nélson Neves, creio que ainda presidente do “CCA”, abraçou mais um projeto em prol do caçador português, nomeadamente dos “jovens”, lá para os lados de Montalvão, vendendo ou tentando vender umas caçadas de aproximação às cervas numa ZONA DE CAÇA ASSOCIATIVA que dá pelo nome de “Fonte Feia”?
Obrigado.

GP

Será que as "rifas" também arderam ou será que vão caçar no queimado?
Por acaso confesso que estou curioso em saber verdadeiramente quem defende quem e o quê nestas circunstâncias. Vamos aguardar pelos novos capítulos... Question Question

Abraço.

GP
avatar
GPinelas

Mensagens : 711
Data de inscrição : 07/11/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ilegalidades...

Mensagem  GPinelas em Qua Ago 27, 2014 10:07 am

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Mais uma novidade contagiante...

Abraço.

GP
avatar
GPinelas

Mensagens : 711
Data de inscrição : 07/11/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ilegalidades...

Mensagem  SPEEDS em Sab Ago 30, 2014 6:53 pm

Enquanto houver quem se esqueça dos seus princípios por ter a necessidade de andar pendurado noutro, esquecendo-se assim os valores e fingindo que afinal ate são bons rapazes...apenas posso apelida-los de MERDA.

_________________
A arte da caça não esta na facilidade de premir um gatilho, mas sim, nos cheiros e cores que a natureza emana! [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
avatar
SPEEDS
Admin

Mensagens : 904
Data de inscrição : 14/09/2012
Idade : 34
Localização : Setúbal

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ilegalidades...

Mensagem  GPinelas em Qua Set 03, 2014 10:29 am

Moura: Detidos dois caçadores furtivos pelo crime de caça ilegal  


A GNR deteve hoje dois caçadores furtivos pelo crime de caça ilegal numa herdade do concelho de Moura, quando transportavam três cabeças de veado, uma carabina, várias munições e diverso material relacionado com caça.

Os homens, de 29 e 34 anos e de nacionalidade espanhola, foram hoje presentes a tribunal e saíram em liberdade sob a medida de coação de termo de identidade e residência, explica a GNR, num comunicado enviado à agência Lusa.

Segundo a GNR, os dois homens foram surpreendidos às 05:00 durante uma operação de vigilância no local montada pelo Núcleo de Proteção Ambiental (NPA) do Destacamento Territorial de Moura, após ter sido recolhida informação de que alguns homens se dedicariam a caçar ilegalmente na herdade, perto da localidade de Santo Aleixo da Restauração.  

.diariOnline RS com Lusa
16:59 terça-feira, 02 setembro 2014

GP
avatar
GPinelas

Mensagens : 711
Data de inscrição : 07/11/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ilegalidades...

Mensagem  GPinelas em Qua Set 03, 2014 10:39 am

SPEEDS escreveu:Enquanto houver quem se esqueça dos seus princípios por ter a necessidade de andar pendurado noutro, esquecendo-se assim os valores e fingindo que afinal ate são bons rapazes...apenas posso apelida-los de MERDA.

Pois... mas afinal tudo se compôs e, a quem chamavam "cobras e lagartos" há bem pouco tempo, agora chamam-lhe "Mestre". A hipocrisia é tramada. Ainda mais curioso, é que, nessa altura, existia reciprocidade de tratamento, agora, para além de palmadinhas nas costas, até fazem rifas em conjunto. Eh eh eh... Quem os viu e quem os vê. Eh eh eh... abençoados projetos... de vida, só pode, porque de caça, os mesmos, significam: ZERO!! lol! lol! lol!

Abraço.

GP
avatar
GPinelas

Mensagens : 711
Data de inscrição : 07/11/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ilegalidades...

Mensagem  SPEEDS em Qua Set 03, 2014 11:09 pm

E por ai anda um triste, O velho Murtigão, que não é mais que um cão com pulgas, que tanto morde a um e a outro, morde ate a quem lhe dá de comer, só não morde na mãe porque secalhar ate por ai envenenava a língua, apenas quer é protagonismo e atenção...já o questionei varias vezes se não é Gay...é que a forma fugaz como age para ser o centro das atenções e ao mesmo tempo covarde nunca dando a cara, não é mais que um Fantoche apeneleirado!!!!

_________________
A arte da caça não esta na facilidade de premir um gatilho, mas sim, nos cheiros e cores que a natureza emana! [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
avatar
SPEEDS
Admin

Mensagens : 904
Data de inscrição : 14/09/2012
Idade : 34
Localização : Setúbal

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ilegalidades...

Mensagem  GPinelas em Sex Set 05, 2014 10:14 am

Não estava a referir-me ao "Murtigão", mas sim a outros srs., nomeadamente a um deles que anda sempre á cata de supostos "projetos para a caça", mas que, nunca chegam a passar disso... lol!

Abraço.

GP
avatar
GPinelas

Mensagens : 711
Data de inscrição : 07/11/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ilegalidades...

Mensagem  SPEEDS em Sex Set 05, 2014 7:37 pm

A "Mancha da caça"...podridão...sempre a espera de novos encartados ou novas e ingênuas mentes para caírem na musiquinha do artista...sei!

_________________
A arte da caça não esta na facilidade de premir um gatilho, mas sim, nos cheiros e cores que a natureza emana! [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
avatar
SPEEDS
Admin

Mensagens : 904
Data de inscrição : 14/09/2012
Idade : 34
Localização : Setúbal

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ilegalidades...

Mensagem  girafa em Sex Set 05, 2014 11:38 pm

O que lhes vale é que há mtos que só abrem os olhos qdo é tarde demais

girafa

Mensagens : 83
Data de inscrição : 15/09/2012
Idade : 35
Localização : Pinhal Novo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ilegalidades...

Mensagem  SPEEDS em Seg Set 08, 2014 9:08 pm

É sem dúvida, um achado, encontrou o negócio do futuro...

_________________
A arte da caça não esta na facilidade de premir um gatilho, mas sim, nos cheiros e cores que a natureza emana! [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
avatar
SPEEDS
Admin

Mensagens : 904
Data de inscrição : 14/09/2012
Idade : 34
Localização : Setúbal

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ilegalidades...

Mensagem  GPinelas em Qui Jun 11, 2015 4:13 pm

Very Happy ...


Última edição por GPinelas em Ter Jun 16, 2015 10:40 am, editado 5 vez(es)
avatar
GPinelas

Mensagens : 711
Data de inscrição : 07/11/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ilegalidades...

Mensagem  GPinelas em Qui Jun 11, 2015 4:13 pm

"PAN" PROPÕE ESTERILIZAÇÃO DOS JAVALIS DA ARRÁBIDA

"Setúbal, 15 de Abril de 2015 – Na sequência de uma reunião entre quadros do Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) e elementos do PAN da Península de Setúbal, o ICNF está a ponderar recorrer a técnicas de esterilização dos javalis da Arrábida, por sugestão do PAN.
Na reunião, que teve lugar a 10 de Abril nas instalações do ICNF em Setúbal, participaram Maria de Jesus Fernandes, diretora do departamento de Lisboa e Vale do Tejo do ICNF, Eduardo Carquejeiro, chefe da divisão de licenciamento, Rui Pombo, chefe da divisão de gestão operacional, e os elementos do PAN Luís Humberto Teixeira, Pedro Tereso e Suzel Costa.
"A sugestão do recurso à esterilização partiu do PAN que, sabendo que esta solução é usada em contextos internacionais, a sugeriu ao ICNF, o qual acolheu a ideia com entusiasmo, mostrando-se disposto a incluir essa opção no plano de ação que irá concluir e candidatar a programas de financiamento nacionais e europeus ainda este mês", afirmou Pedro Tereso, comissário da estrutura local do PAN na Península de Setúbal, complementando que "das várias opções de controlo populacional, a esterilização é, claramente, a mais ética".
Em virtude do aumento demográfico da população de javalis, que é já de largas centenas, segundo o ICNF, aquele organismo público criou um grupo de trabalho - que envolve ainda a Protecção Civil, o SEPNA, a Junta de Freguesia de Azeitão e os moradores da Arrábida - e está a estudar "ações urgentes de controlo de situações de conflito, dada a necessidade de conciliar os valores florísticos específicos da Arrábida, a restante fauna e a presença humana com a existência de uma população sustentável de javalis".
Também estão a ser ponderadas ações de educação da população, para que as pessoas não alimentem os animais, pois isso habitua-os a "guloseimas e comida fácil" que nem sempre é a mais adequada ao seu organismo, e saibam como se comportar de modo a evitar situações que causem stress aos animais e os façam agir de forma perigosa para os humanos. São igualmente importantes as acções de limpeza das matas e das praias.

Sobre os javalis da Arrábida
Depois de terem desaparecido da região na década de 1950, os javalis voltaram a ser vistos na Arrábida no final do século passado, sendo hoje comuns um pouco por toda a península de Setúbal. Segundo o ICNF, desde 2012 que as condições naturais têm sido propícias a uma explosão demográfica dos javalis na Arrábida, dada a elevada produção de bolota, havendo registo de javalinas com 8 crias em bom estado de desenvolvimento.
Essa explosão tem levado a que os animais percorram zonas que estão ocupadas por pessoas, provocando danos em produções agrícolas. Perante as queixas dos agricultores, o ICNF tem passado credenciais para que estes, ou portadores de licença de posse de arma por eles indicados, possam abater javalis nas propriedades em que os prejuízos ocorreram, reportando obrigatoriamente o número de javalis abatidos de três em três meses. Durante o ano de 2014, o número de javalis abatidos por este meio foram 110, revelou o ICNF.
Reconhecendo que o abate não é uma solução eficiente, o ICNF tem ultimamente optado por ações de espera dos javalis, nas quais os capturam e deslocalizam para propriedades amplas e vedadas no sul do Alentejo, uma solução que o PAN considera preferível ao abate mas, ainda assim, não a ideal, pois muitas dessas áreas são zonas de caça."



Afinal parece que, enquanto não chega a dita esterilização, que coisa mais ridícula, diga-se, o ICNF anda a capturar javalis num Parque Natural, neste caso concreto na Serra da Arrábida, e a colocá-los no Alentejo em cercados, alguns cinegéticos!

A existir veracidade nesta questão/assunto expresso neste artigo, urge perguntar o seguinte:

- Onde ficam essas zonas amplas e vedadas, vulgo cercados?

- São cercados cinegéticos ou de outra natureza?

- Quem são os proprietários ou entidades gestoras desses cercados?

- Os javalis capturados no Parque Natural da Arrábida (“PNA”) e deslocalizados para estes cercados no Alentejo, são comprados pelos proprietários / entidades gestoras dos mesmos ao “ICNF”, ou são doados pelo mesmo?

- Doados ou vendidos, porque razão ali são colocados e não noutros lugares, como por exemplo outros Parques Naturais existentes no nosso País, sem vedações, sem limitações?

- Será ético, correto, aceitável, diria até legal que, o “ICNF”, capture javalis num Parque Natural que é pertença do estado, e cujos custos de manutenção e preservação do mesmo são provenientes do erário público, ou seja do dinheiro de todos nós, contribuintes, para depois os despejar em cercados cinegéticos para mero usufruto/proveito cinegético de particulares?

- Caso sejam ou tivessem sido vendidos, o estado, o “ICNF”, o que seja que represente os desígnios destes animais, não deveria e ou teria que submeter a concurso público a aquisição destes animais capturados?


Bom, uma coisa é certa: algo não me parece bem/correto neste processo encontrado, gizado e executado pelos quadros do “ICNF” e elementos do “PAN” para mitigar a dita e suposta “praga” (?) de javalis que, os entendidos, dizem existir no Parque Natural da Serra da Arrábida.

Alguém consegue esclarecer-me (nos)?

Abraço,

Gilberto Pinelas
avatar
GPinelas

Mensagens : 711
Data de inscrição : 07/11/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ilegalidades...

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 6 de 6 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum